SAUDADE

Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

Clarice Lispector

domingo, 31 de maio de 2009



Pessoa sensível
incrível
Sinceramente maravilhosa
carinhosa
Coração imenso, mas suspenso...
assim penso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário